Recorrer ao crédito em tempo de crise

Crédito em tempo de crise

A crise económica que tem vindo a assolar nosso país e o mundo faz-se sentir, cada vez mais, no bolso dos portugueses. Todos os dias ouvimos notícias que nos dizem que a situação tende a agravar-se ou que não há sinais de melhoria.

Infelizmente, neste cenário, os bancos limitam cada vez mais o acesso ao crédito porque eles próprios também enfrentam constrangimentos na hora de se financiarem nos mercados internacionais.

No entanto, ainda é possível recorrer ao crédito para levar a bom porto os projectos que temos em mente, quer se trate da compra da nossa habitação ou de um automóvel ou a concretização de um negócio que o ajude a ultrapassar estes tempos difíceis.

Mas tenha sempre em mente que agora as dificuldades serão maiores. Para além do aumento das taxas de juro, o controlo feito pelas instituições bancárias está mais apertado no sentido de poderem assegurar a recuperação atempada e integral do dinheiro que possam vir a emprestar-lhe.

Caso esteja a pensar em recorrer ao crédito, propomos-lhe mais uma opção na hora de procurar a melhor solução para si. O Meu Crédito assegurou uma parceria com uma prestigiada instituição bancária a operar no mercado da banca nacional que lhe poderá permitir aceder a vários produtos na área do crédito em condições vantajosas.

Se está interessado em receber mais informações, tem apenas que preencher um pequeno formulário que pode encontrar aqui. Em pouco tempo será contactado por um colaborador desta instituição que analisará o seu caso pessoal e lhe apresentará as melhores soluções. Esta consulta não implica qualquer compromisso.

1 comentário a "Recorrer ao crédito em tempo de crise"

  1. Eu tou farta de pedir um crédito e a resposta que me dou é como eu a recebo rendimento social não posso fazer preciso dum 2 titular mas está muito mal feito direitos para uns e para outros não,também tenhos direito fazer os nossos projetos para nossa vida dar um futuro aos nossos filhos não quer dizer. Que a recebemos rendimento social somos incapazes de pagar a prestação e isso é muito injusto e for a ver maior parte aqueles que tenham trabalho fixo muita vez nao paga as suas prestações porque o ornado não dei para tudo por isso não quer dizer quem a recebe rendimento social não é capaz de pagar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*