Atenção

Um crédito pode ser a sua luz ao fundo do túnel na hora de tentar equilibrar as suas finanças, mas tenha sempre em atenção os seguintes pontos:

  • A sua Taxa de Esforço não deverá superar os 35% do Rendimento Mensal disponível, percentagem máxima recomendável para que não corra riscos de sobre-endividamento. Isto é, não deverá gastar mais do que 35% do seu rendimento com o pagamento de prestações fixas de créditos (habitação, automóvel, pessoal, etc).
    Por exemplo, se o agregado familiar receber 1.000 Eur líquidos mensais, as prestações dos créditos nunca deverão ser superiores a 350 Eur.
  • A subida das taxas de juro ou outros imprevistos podem desequilibrar o seu orçamento mensal, dificultando o cumprimento das suas obrigações de crédito, pelo que antes de contratar qualquer crédito deverá sempre simular o crédito com taxas superiores em 1% e 2%.
  • Não supere as taxas de esforço recomendadas por forma a que não tenha dificuldades no cumprimento das suas despesas com outros encargos fixos: alimentação, luz, água, gás, ensino, saúde, etc.
  • Antes de fazer o seu pedido de crédito verifique o cumprimento destas recomendações.

Faça o primeiro comentário a "Atenção"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.